sábado, 29 de janeiro de 2011

Coisa injusta

Eu recebi, um recado da minha amiga (para mim uma irmã) Letícia, um texto do Charles Chaplin e achei muito divertido e logo depois descobri que virou um filme (esse da imagem acima.) e um livro.

A coisa mais injusta sobre a vida é a maneira como ela termina. Eu acho que o verdadeiro ciclo da vida está todo de trás pra frente. Nós deveríamos morrer primeiro, nos livrar logo disso.

Daí viver num asilo, até ser chutado pra fora de lá por estar muito novo. Ganhar um relógio de ouro e ir trabalhar. Então você trabalha 40 anos até ficar novo o bastante pra poder aproveitar sua aposentadoria. Aí você curte tudo, bebe bastante álcool, faz festas e se prepara para a faculdade.

Você vai para colégio, tem várias namoradas, vira criança, não tem nenhuma responsabilidade, se torna um bebezinho de colo, volta pro útero da mãe, passa seus últimos nove meses de vida flutuando. E termina tudo com um ótimo orgasmo! Não seria perfeito?
( Charles Chaplin )

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Chopin



Federic Chopin era filho do professor Francês Nicolas Chopin, que dava aulas de língua e literatura francesa, e da pianista polonesa Justina Krazizanovska. Dez meses após o seu nascimento , a família foi morar em Varsóvia, onde transita entre os nobres e a burguesia .Chopin teve uma infância culta. Aos seis anos passou a ter um professor de piano, Adalbert Zwini. Que lhe apresentou as obras de Bach e Mozart.
Seu primeiro concerto público ocorreu quando ele tinha oito anos. Na mesma época viu
Publicada sua primeira obra, uma polonaise. Prosseguiu conciliando seus estudos no liceu de Varsóvia , onde iniciou seus estudos com o compositor Joseph Elsner .
Em 1830, dias antes de eclodir a Revolução Polonesa contra a ocupação russa, Chopin resolveu deixar Varsóvia e partir para Viena, que vivia sob o regime autoritário de Metternich. Em julho do ano seguinte, Chopin seguiu para Paris ,onde logo integrou-se à elitelocal, passando a ser requisitado como concertista e como professor. Nessa época conheceu músicos consagrados,como Rossini e Cherubini, e outros de sua geração, como Mendessohn , Berlioz ,Franz Lizst e Schumann.
Em uma de suas viagens pela Europa, em 1835, reencontrou Maria Wodzinska, que conhecera ainda criança em Varsóvia. Chopin apaixonou-se , mas, apresentando já os primeiros sinais de turbeculose , acabou rompendo o noivado por pressão da damilia de Maria . Em 1838 Chopin uniu-se à controvertida escritora Aurore Dupin , que usava o pseudônimo masculino de George Sand. O casal resolveu passar um tempo em Maiorca ,mas o clima úmido da ilha piorou o estado de saúde do compositor. Em 1838, os odis voltaram para França e em 1847 romperam definitivamente o relacionamento.
No dia 17 de outubro de 1849, Frederic Chopin faleceu , aos 39 anos. Foi sepultado no cemitério de Pére Lachaise, em Paris. Seu coraçãi foi colocado dentro de um dos pilares da igreja de Santa Cruz, em Varsóvia, conforme o seu pedido.
Chopin dedicou toda sua obra ao piano, com exceção de apenas algumas peças.
Várias de suas obras têm influência do folclore polonês, como é o caso das mazurcas e das polonaises




sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Vem


Vem meu bem
Vem me amar do jeito que só você sabe fazer
Vem me pegar no colo, acariciar meus seios
Vem me enfeitiçar com seu jeito, me deixar louca com tua boca
Vem dizer no meu ouvido baixinho que me ama que me quer
Vem sentir meu corpo, minha respiração
Vem
Vem para que eu possa ser sua (Kallyta Cristina)

Selos

Ah primeiro eu queria pedir desculpas por ter passado um tempinho sem postar. É  que eu andei  doentinha  por esses dias e realmente mal conseguia levantar da cama.
Mas enfim , hoje fiquei muito feliz  muito mesmo quando abri meu blog e vi que tinha ganhado mais selinhos  do blog  Alguns filmes do Marcos Rosa (http://algunsfilmes.blogspot.com) que alias é ótimo esse blo, recomendo  para todos  os cinéfilos rsrs




e do blog Entre amigas que é um blog muito lindo muito feminino (http://entres2amigas.blogspot.com/)


 muito obrigada por todos esse selinhos!

E fiz as seguintes escolhas de blogs para também recebê-los:

http://anaceciliaromeu.blogspot.com/
http://millenalameri.blogspot.com/  
http://soucalcanhardeaquiles.blogspot.com/
http://municklameri.blogspot.com/
http://paulotamburro.blogspot.com/
http://www.naoduvido.com/
http://oguardaroupadeumafashionista.blogspot.com/
http://uberon.blogspot.com/
http://www.entre-elas-online.com/
http://aimervintage.blogspot.com/

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Selo

Ahhh olha que lindo!
Acabei de ganhar meu primeiro selo do blog Secret Feelings da florzinha Millena

Muito obrigada linda, fico muitooooo feliz de ter merecido um selo do seu blog que por sinal é Lindo (http://millenalameri.blogspot.com/)

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Mãezinha

Sem dúvidas minha mãe foi o presente mais maravilhoso que Deus podia me dar
Ele pegou todos os ingredientes  certos para uma mãe perfeita e colocou em uma só mulher chamada Kelly Cristina
Ela é mais que uma mãe é a melhor amiga que alguém já viu, minha confidente, sabe sempre o que é melhor para mim
Seu cuidado comigo é tão grande que chega a me constranger
Ela é minha musa, pois nunca vi beleza tão grande como a dela
Ela é reflexo de Deus na minha vida, sei que depois Dele não existe ninguém que me ama mais que ela
Quando me sinto triste e sozinha lembro sempre o quanto Deus me ama, porque além de tudo ainda me deu o privilégio de ter a Kelly Cristina como mãe, afinal, a minha é a melhor mãe do mundo
Uma mulher guerreira, bondosa, inteligente, generosa, linda,  amorosa,  amável, com coração do tamanho do universo é chorona que só vendo
Ahhhhhhhhh  de uma coisa eu não tenho dúvidas ,Deus  me deu  minha mãe para que eu conhecesse o amor  verdadeiro e que a relação minha com a  minha mãezinha é a relação mais linda do mundo (Kallyta Cristina)

P.S: ah não é nenhuma data especial não
é só amor mesmo

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Rubayyat


Noite, silêncio, folhas imóveis
Imóvel o meu pensamento
Onde estás, tu que me oferecestes a taça?
Hoje caiu a primeira pétala
Eu sei uma rosa não murcha
Perto de quem tu agora sacias a sede
Mas sentes a falta do prazer que eu soube te dar
E que te fez desfalecer
Acorda... e olha como o sol em seu regresso
Vai  apagando as estrelas do campo da noite
Do mesmo modo ele vai desvanecer
As grandes luzes da soberba torre de sultão
                                                         ( Osmar Khayyam)