domingo, 26 de dezembro de 2010

Bilhete

Se tu me amas, ama-me baixinho
Não o grites de cima dos telhados
Deixa em paz os passarinhos
Deixa em paz a mim!
Se me queres,
enfim,
tem de ser bem devagarinho, Amada,
que a vida é breve, e o amor mais breve ainda...
( Mario Quintana)

2 comentários:

  1. KALLYTA,

    como eu estou contente com sua presença no meu blog, "Humor em Texto".

    Aqui no Rio, a gente usa a expressão: "mais feliz do qe pinto no lixo",(rs) para demostrar nossa satisfação.

    Obrigado, Kallyta.

    Quanto a Mario Quintana, falar o quê, certo?

    Eu , no entanto sempre torço para que o amor seja eterno, pelo ,menos eterno enquanto dure, como diria Vinicius de Moraes.

    Como você vê Kallyta, eu, Vinicius, Mario e você, pensamos , no entanto a mesma coisa, só que ditas de forma diferentes.

    É isso que torma a vida maravilhosa e dinâmica, sem aquela mesmice, da música "Cotidiano" do Chico Buarque.

    Portanto uma vida breve mais sem rotinas...

    E mando a música para você .

    Certo?

    Um abração carioca!

    ( COPIE E COLE )
    http://www.youtube.com/watch?v=WBwo5MzB7io

    ResponderExcluir
  2. é verdade
    sabe que depois do seu comentário eu fiquei ouvindo a música é pensando sobre a vida
    como ela é linda ne?
    difícil mas linda
    e cabe a nos fazer com que ela seja linda longa e intensa enquanto durar como já dizia a Cora Coralina e que ñ caimos como vc mesmo disse na mesmice da música

    muito obrigada pela sua visita
    eu que me sinto lisonjeada de ter você aqui no meu blog e na minha cidade (Goiânia) a gente falaria que sua visita foi boa demais da conta rsrsrs

    ResponderExcluir