domingo, 5 de setembro de 2010

Festa celeste

Perdoa-me
eu fui te encontrar
mas no meio do caminho olhei para o céu e me distrai
fui seduzida pelo brilho das estrelas
atraída pela força da lua
fui conquistada pela imensidão do universo
onde elementos das galáxias brincavam de cantar
cantavam a música da felicidade
chamavam por mim
não consegui resistir
a vontade de voar era tão grande que tomava todo meu ser
então como um passo de mágica ou pura imaginação pude ver a Terra de longe
e lá estavam todos os corpos celestes
os planetas, satélites, cometas, asteroides, meteoros, nebulosas, e constelações.
todos em grande perfeição
e sem mais demoras entrei logo no ritmo da dança
e passei ali a mais incrível noite da minha vida
quando de repente abri os olhos já não era mais noite
o sol já tinha nascido
a noite foi embora e com ela mais um sonho de um paraíso encantado
(Kallyta Cristina)

Nenhum comentário:

Postar um comentário